“Nosso foco é oferecer energia com qualidade e quantidade”, afirma Rudy Recco sobre nova subestação da Cermoful | Morro da Fumaça Notícias
Aliança Benefícios
Geral

“Nosso foco é oferecer energia com qualidade e quantidade”, afirma Rudy Recco sobre nova subestação da Cermoful

GABRIELA RECCO / FOTOS: CLÁUDIO FERNANDES

A construção da nova subestação da Cermoful é sem dúvidas o grande projeto do atual Conselho de Administração para este mandato. A intenção é ter capacidade para oferecer energia de qualidade para o associado. Menos de três meses depois de ter sido eleito, o presidente Rudy Recco apresenta uma proposta ousada com investimentos que ultrapassam R$ 25 milhões, mas completamente viável dentro do atual cenário da cooperativa.

“Uma parte destes investimentos a Cermoful vai fazer com os recursos que temos em caixa. Além disso, voltamos a ter crédito e capacidade de investimento. Essa subestação vai atender uma demanda crescente de energia, e o foco é oferecer qualidade e quantidade aos empreendedores que aqui pretendem se instalar. Essa é a preocupação dos prefeitos para atrair novas indústrias e atender o aumento da capacidade para as já instaladas”, coloca Recco.

Sicredi
Posto Pellegrin
Daiani Salão de Beleza
Costa Serviços Contábeis
Unicinco
Soller P

AGE na sexta-feira

A Cermoful trabalha com cenário de seis novas áreas industriais sendo implantadas nos próximos anos em Morro da Fumaça, Cocal do Sul e Urussanga. Para construir a nova subestação, os associados foram convocados para uma Assembleia Geral Extraordinária na próxima sexta-feira (10).

Entre os itens da pauta a autorização para aquisição de imóvel no valor de R$ 2,1 milhões de recursos próprios para construção da nova subestação. Além disso, a assembleia vai decidir sobre a autorização para adequação na Subestação Morro da Fumaça (Celesc) para conexão da Linha de Distribuição Monte Verde (Cermoful). Essa operação terá um custo de R$ 3,5 milhões de recursos da Cermoful conforme edital.

“Isso está acontecendo porque estamos dando continuidade aos trabalhos da Cermoful. Quando era vice-presidente eu acompanhava de perto o andamento da cooperativa e agora estamos continuando essa transformação, sempre pensando no associado em primeiro lugar. Além disso, o empresário terá certeza de que ao instalar sua empresa na área de abrangência da Cermoful terá energia de qualidade”, coloca Recco.

Demanda chegando ao limite

Ainda na pauta, os associados vão decidir sobre a contratação de financiamento de até R$ 19,5 milhões para construção de subestação de 69kV e linha de distribuição de 69kV. Para esse empréstimo, a cooperativa pede ainda autorização para alienação de bens móveis e imóveis como garantia da operação financeira. Clique aqui para conhecer o projeto.

“Estamos preocupados com o associado e o desenvolvimento dos municípios que a Cermoful atende. Temos uma carga de capacidade de 20MVA, e já estamos utilizando hoje 18MVA. Temos um crescimento anual da demanda, e por isso a nova subestação é necessária no planejamento que a cooperativa”, explica Samuel Sartor, gerente operacional da Cermoful.

Início das obras

Ele acrescenta que a cooperativa já está buscando as licenças e equipamentos para a construção da subestação, e que a expectativa é iniciar as obras nos primeiros meses de 2022, colocando em funcionamento entre o fim do ano que vem e meados de 2023. “Fizemos todos os estudos, o projeto básico, levantamento de custos, enfim, até chegar a esse terreno às margens do Anel de Contorno Viário de Morro da Fumaça, ficando a apenas 500 metros da subestação de Celesc”, coloca.

Gestão iniciando

Neste início de gestão, o presidente Rudy Recco faz questão de enaltecer o comprometimento do Conselho de Administração e de todos os colaboradores da cooperativa no dia a dia. “Temos uma união e uma parceria que reforçam o grande trabalho prestado aos nossos associados. Somos uma família”, finaliza.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cermoful
Topo