Após decisão do STJ, juiz determina soltura de outros três presos na Operação Hefesto | Morro da Fumaça Notícias
Fumacense
Geral

Após decisão do STJ, juiz determina soltura de outros três presos na Operação Hefesto

GABRIELA RECCO

O juiz Roque Lopedote, da 2ª Vara da Comarca de Urussanga, concedeu há pouco liberdade a outros três suspeitos de envolvimento nos crimes praticados na Operação Hefesto. A decisão foi tomada depois que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) aceitou habeas corpus impetrado pelos advogados Jefferson Monteiro e Aline Becker de Castro e mandou soltar três presos preventivamente durante a investigação, além de uma mulher que estava em prisão domiciliar.

No despacho, Lopedote proíbe os investigados de entrar em contato com os corréus, testemunhas arroladas no processo e funcionários da CTG Herança do Velho Pai, além de suspender as atividades no CTG. Frisa ainda a necessidade de comparecer em Juízo sempre que intimado, proíbe os suspeitos de se ausentarem da cidade onde residem sem autorização judicial e não mudarem de endereço sem prévia comunicação, e, por fim, determina o recolhimento domiciliar noturno, no período compreendido entre 22h e 6h, bem como nos finais de semana e feriados.

CDL Morro da Fumaça
Recco
Viva Escolha Saudável
Daiani Salão de Beleza
Unicinco
Posto Pellegrin

“Diante das solturas concedidas nas decisões (do STJ), tenho que não mais subsistem os fundamentos necessários à mantença da custódia cautelar dos demais acusados, tendo se esvaído por completo aqueles expostos quando da decretação da prisão preventiva”, escreve o juiz na decisão. Com a decisão, sete dos nove presos durante a Operação Hefesto estão em liberdade, e duas pessoas permanecem em prisão domiciliar com monitoramento eletrônico.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cermoful
Topo