Acne e alimentação! | Morro da Fumaça Notícias
Unesc
Colunistas

Acne e alimentação!

A acne é uma dermatose inflamatória dos folículos polissebaceos que se desenvolve por um conjunto de fatores, como: genética, hormônios, emocional, alimentação, maquiagem e produtos oleosos.

As lesões se manifestam em áreas do corpo onde há uma maior quantidade de glândulas sebáceas, como: rosto, tórax, costas e ombros.

Vanessa Zanatta
Viva Escolha Saudável
RAC Selo
CE Davi
CDL Morro da Fumaça
Couto e Cechinel advogados

A acne pode surgir de fatores genéticos, influenciando no controle hormonal, na hiperqueratinização folicular e na secreção sebácea. Assim, também como os hormônios, fatores psicológicos e neurogênicos podem induzir o surgimento de acne. A associação entre o desenvolvimento da acne e a alimentação ainda não é bem clara, porém alguns estudos referem piora das lesões após a ingestão de determinados alimentos.

Em novos estudos se confirma que a qualidade dos alimentos está mais associada à incidência da acne que a quantidade de consumo. Sendo então, a alimentação apontada como um fator ambiental influente nesta dermatose e deve ser considerada no tratamento.

A relação de acne e alimentação é com dietas de alto índice glicêmico, alto consumo de açúcares e gorduras. Se vê benefícios em dietas antioxidantes e anti-inflamatórias, suplementação de Vitamina A, ômega 3 e probióticos como estratégias nutricionais para redução e tratamento da acne, que podem ser considerados por seus efeitos protetores mediante a inflamação.

Evite frituras, salgadinhos, açúcares, e priorize uma alimentação antioxidante, com muitas frutas e vegetais, além de uma hidratação adequada. Procure um profissional estético e um nutricionista, os dois aliados irão te ajudar na melhora dessa dermatose.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cermoful
Topo