Itesc
Colunistas

É tempo de Natal em Morro da Fumaça

Sicredi

Acredite ou não você em Papai Noel, creia que os sinais são de clima natalino em Morro da Fumaça. Como se fosse a árvore de Natal prefeito, vice e vereadores – inclusive da oposição, mas nem todos – celebraram em volta do cheque de R$ 415 mil devolvidos pela Câmara a paz dos tempos.

A matéria foi uma das mais acessadas aqui no portal, nesta semana. E simboliza sim melhores tempos do que já teve ao longo do ano na relação Executivo e Legislativo. Nesta quarta-feira, entretanto, já tivemos um ensaio de que nem tudo é Natal. Mal foi aberto o prazo de inscrição de chapas para a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores e duas chapas foram inscritas.

Expresso Nova Era
Sicredi
Unicinco
Station Telecom 125
Esdra
Layze Guollo

As chapas

Inscreveram-se na chapa 1: Raimundo Marques (MDB), Tiago Minato (MDB), Antônio De Lucca (PP) e Jerson Maragno (PP). Na Chapa 2: Alison Félix Bertan (PR, mas indo para o PSD), Dilânio Sartor (PSD), Vado Marcolino (MDB) e José Carlos Bortolin Calita (MDB). As funções são de presidente, vice-presidente, primeiro e segundo secretários, respectivamente.

Tendência pró oposição

Numa rápida sondagem fica evidente o que deve acontecer. A chapa favorita é a de Alison Félix Bertan (2), que teoricamente significa oposição à chapa atual e oposição ao prefeito. Pode não ser tão oposição porque o governo joga com ciente com o discurso de não influenciar no Legislativo. Isso não funciona apenas em tese. Funciona na prática também, podem acreditar. O prefeito até poderia negociar com o atual assessor jurídico da Câmara, Miguel Zaccaron Darolt (PSD), que se voltar a ser titular decide o jogo. Mas neste caso teria que descer do pedestal do discurso de um novo tempo na política.

Miguel não volta…

Logo após a inscrição das chapas ficou claro que o vereador licenciado Miguel Zaccaron Darolt (PSD) não vai retornar à Câmara só para votar. Quem vai votar é a sua suplente Lucilene Pagnan (PSD) e ela vota na Chapa 2. Isso significa cinco votos. Aparentemente o partido do prefeito e vice perde pois tem dois vereadores na chapa e lá estão os dois emedebistas mais próximos do governo.

…e joga de mão…

A eleição de Álison Félix Bertan presidente da Câmara fortalece o vereador licenciado Miguel Zaccaron Darolt para a eleição do ano que vem. Primeiro porque ele já disse que só disputará a eleição se for na majoritária. Além disso ele costurou com os companheiros de PSD, Dilânio Sartor e Lucilene Pagnan e ainda será o padrinho do ingresso de Félix no partido. Como o ex-principal líder Nado Maccari tem problemas para concorrer Miguel assume o protagonismo.

…e joga limpo…

Miguel Zaccaron Darolt foi consultado para decidir o jogo em favor da chapa 1, mas logo avisou que só voltaria à Câmara se fosse para votar em si, que por sua vez tinha o objetivo de fortalecer o seu partido.

Agora a dúvida?

Será que a estratégia do PSD joga de olho numa possibilidade de esperar mais quatro anos, apoiando Noi Coral agora, já que ele é candidato à reeleição? Ou será que podem reivindicar a vaga de vice? Por fim, seria a estratégia um jogo que leva em conta o apoio para a eleição da Cermoful, que é quase ou mais importante que a prefeitura?

Prefeito viaja

No final da tarde desta quinta-feira o prefeito Noi Coral (PP) transmite o cargo para o vice Eduardo Guollo (PP) que ficará na função até o dia 27 deste mês. O titular viaja com a família à Europa (Itália, Áustria, Itália e Alemanha).

Fato da semana

Nesta segunda-feira o presidente da Câmara de Vereadores esteve na prefeitura para entregar o cheque de R$ 415 mil com as sobras do orçamento. Já havia feito isso antes com um cheque de R$ 350 mil totalizando R$ 765 mil. O presidente Tiago Minatto fez a entrega acentuando que esta é a nova política de Morro da Fumaça. E tem lógica, pois em 2018 foram devolvidos R$ 650 mil, mas em tempos antes a devolução era pífia. Criou-se uma espécie de ranking das devoluções.

Retribuição

Como foram de retribuir aos vereadores com as economias o prefeito deu a eles a opção de indicar algumas obras onde este dinheiro deve ser aplicado. Óbvio, nos dias de inauguração vai convidá-los e dar espaço para discursos. Se bem que Noi Coral não é muito dado a atos de inauguração.

RAC

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cermoful
Topo