Processo movido pelo PP contra Nado tem movimentação na Justiça Eleitoral | Morro da Fumaça Notícias
Unesc
Política

Processo movido pelo PP contra Nado tem movimentação na Justiça Eleitoral

A representação eleitoral 36178/2016, movida pelo Partido Progressista de Morro da Fumaça contra o atual prefeito e então candidato a reeleição, Agnaldo (Nado) Maccari (PSD), e o vice, Renato Zaccaron (PMDB), teve movimentação na tarde desta sexta-feira (16). A juíza Bruna Canella Becker Búrigo, titular da 34ª Zona Eleitoral de Urussanga, marcou para o dia 17 de fevereiro de 2017 a audiência de instrução e julgamento do caso.

A ação foi protocolada no dia 29 de setembro, ainda durante o processo eleitoral. Nado e Zaccaron são acusados de conduta vedada a agente público, ao utilizarem, segundo o PP, servidores comissionados para fazer propaganda eleitoral durante o horário de expediente da prefeitura para o candidato do PSD.

CDL Morro da Fumaça
Posto Pellegrin
Unicinco
Sicredi
CE Davi
Costa Serviços Contábeis

De acordo com o chefe do cartório, Carlos Valério Gerber Wietzikoski, as penalidades podem ir de aplicação de multa até a inelegibilidade. “O processo continua tramitando normalmente, independentemente do réu deixar de ser prefeito. Apenas mudam as sanções caso seja condenado”, explica.

Jornalista João Manoel Neto

Cermoful
Topo