Soller
Saúde

Governo Municipal pede atenção às medidas de combate ao Coronavírus

Sicredi
MARCIANO BORTOLIN / PMMF

Administração, por meio da Secretaria de Saúde, destaca a importância das atitudes para diminuir a proliferação do vírus e evitar o aumento de casos na cidade.

O Sul é a região catarinense com o maior número de casos e mortes pelo coronavírus: são 987 pacientes com teste positivo e 25 óbitos. Preocupados com estes números e na busca por evitar que os casos em Morro da Fumaça cresçam, O Governo Municipal de Morro da Fumaça, através da Secretaria dos Sistema de Saúde reforça a necessidade das pessoas seguirem as medidas de combate.

Posto Pellegrin
Expresso Nova Era
CDL Morro da Fumaça
Soller P
Grupo Atlantis
Unicinco

Na tarde desta sexta-feira, 22, o prefeito Noi Coral, o vice Eduardo Sartor Guollo realizaram reunião com a secretária do Sistema de Saúde, Francieli Maragno e com profissionais da Vigilância em Saúde para debater o assunto e traçar estratégias. “É fundamental que as pessoas sigam as orientações para que os casos não tomem grandes proporções em Morro da Fumaça. O momento requer cautela, por isso pedimos que todos sigam as orientações das autoridades competentes”, enfatiza o prefeito.

O tempo médio de permanência em um leito de UTI para pacientes de Covid-19 é de 20 dias, o que reforça ainda mais a importância dos cuidados. “Estas atitudes são fundamentais no combate à proliferação do vírus. A nossa curva continua crescendo e não é o momento de recuar ou diminuir os cuidados. Siga utilizando máscara e, principalmente, saia de casa somente em caso de extrema necessidade”, ressalta a secretária do Sistema de Saúde, Francieli Maragno, acrescentando que buscará também firmar parceria com a Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), no enfrentamento à pandemia.

Em caso de sintomas ou se souber de pessoas suspeitas de estar com Covid-19, entre em contato pelos telefones: 3434-5435 ou 99119-3744. “As agentes de saúde do município irão levar as medidas de prevenção às comunidades atendidas por elas e também a Vigilância Sanitária seguirá fiscalizando como vem fazendo. Precisamos que todos tenham consciência do momento em que vivemos e acolham estas orientações”, fala o vice-prefeito, Eduardo Sartor Guollo.

Uso da máscara

Uma das maneiras de se proteger é por meio da utilização da máscara. Através do Decreto 065/2020, o uso deste item se tornou obrigatório no município desde o dia 18 de abril.

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Kellen Vieira, comenta que para ser eficiente como uma barreira física, a máscara caseira precisa seguir algumas especificações. “A máscara precisa ter duas camadas de pano e é de uso individual. Elas podem ser feitas em tecido de algodão, tricoline, TNT ou outros tecidos, desde que desenhadas e higienizadas corretamente. É importante que a máscara seja feita nas medidas corretas cobrindo totalmente a boca e nariz e que estejam bem ajustadas ao rosto, sem deixar espaços nas laterais”, explica.

As pessoas devem usar máscara para acesso e desempenho de atividades nos prédios públicos, comércio, para uso de táxi ou transporte compartilhado de passageiros, para acesso aos estabelecimentos prestadores de serviços essenciais, tais como supermercados, mercados, mercearias, padarias, farmácias, drogarias, entre outros e para o desempenho de atividades laborais em ambientes compartilhados com outras pessoas.

As famílias cadastradas no CadÚnico podem ir até o Departamento de Assistência Social, das 8h às 12h e das 13h, às 17h, onde são entregues kits com máscara e álcool gel, mediante cadastro.

RAC

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cermoful
Topo