Fisiculturista fumacense está classificado para o campeonato mundial Mister Universe | Morro da Fumaça Notícias
Prefeitura segundo semestre letivo
Esporte

Fisiculturista fumacense está classificado para o campeonato mundial Mister Universe

Gabriela Recco

O fumacense Mateus Casemiro Anacleto, de 32 anos de idade, vai representar Morro da Fumaça no Campeonato Mundial Mister Universe, que acontecerá nos dias 19 e 20 de agosto em São Paulo.

Formado em Educação Física, o jovem pratica musculação há 15 anos e a primeira competição de fisiculturismo foi em 2015, e, desde então, já conquistou vários títulos a nível estadual. “Comecei a treinar pois era extremamente magro e não gostava da minha aparência”, conta o morador do bairro Naspolini.

CE Davi
Layze Guollo
Sicredi
Aliança benefícios selo
Posto Pellegrin
CDL Morro da Fumaça

No último fim de semana, Anacleto ficou em 5º lugar no Campeonato Brasileiro de Fisiculturismo, em Vitória, no Espírito Santo. “Foi na categoria clássico acima de 1.80m conseguindo assim minha classificação para o campeonato mundial Mister Universe”.

“Fisiculturismo é um esporte na qual moldamos nosso corpo através de treinos e, principalmente, da dieta. É um esporte que possui categorias, tanto no masculino quanto no feminino, na qual são analisados os critérios, volume muscular, definição muscular, simetria muscular e desenvoltura ao apresentar-se”, explica Anacleto.

“Treino diariamente e tenho um plano de dieta balanceado aonde carboidratos, proteínas e gorduras saudáveis são a base da dieta, em períodos de ganho de massa muscular aumento as quantidades dos alimentos e em período de definição visando o campeonato acabo por diminuir a quantidade ingerida dos mesmos visando a definição muscular”, explica.

Dificuldade de apoio financeiro

Entre os desafios enfrentado pelo atleta fumacense, a questão financeira é a maior. “É o que mais limita minha ascensão na modalidade. Esta é a primeira vez que vou ao Campeonato Brasileiro, não por falta de classificação, pois todo ano consigo boa colocação e me classifico. Não tinha ido ainda pois não tinha condições e o apoio a modalidade ainda é muito baixo”, conta.

Para participar do campeonato do último fim de semana, Anacleto conta que precisou organizar uma rifa. “Contei com a ajuda de alguns apoiadores e amigos, juntamente com a prefeitura municipal, que contribuíram para que pudesse levar o nome do nosso município e do nosso estado Brasil adentro. Sou grato a todos que me apoiaram até o momento”.

Para o campeonato mundial, o atleta ainda precisa de apoio. “Falta pagar a inscrição e a pintura corporal. Em torno de R$ 1 mil ainda faltam para poder participar”, coloca.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cermoful
Topo