Fumacense
Geral

Famílias retiradas do Loteamento Barreiras vão ganhar casa própria

MARCIANO BORTOLIN

Notícia foi repassada pelo Governo Municipal na manhã desta quinta-feira.

Pessoas que perderam as casas e que há nove anos dependem do aluguel social ganharão novas residências até 2020. A informação foi repassada às quatro famílias pelo prefeito Noi Coral e pelo vice, Eduardo Sartor Guollo, na manhã desta quinta-feira, dia 27.

CDL Morro da Fumaça
Posto Pellegrin
Vanessa Zanatta
Daiani Salão de Beleza
Costa Serviços Contábeis
Layze Guollo

O primeiro passo para a realização é a elaboração dos projetos das residências para, em seguida, iniciar as obras. Os locais ainda serão escolhidos, porém, o prefeito destacou que ficarão bem localizados e cada uma das casas será projetada com cuidado e para atender as necessidades das famílias. “O nosso compromisso assumido é dar uma moradia digna para cada família que teve que ser retirada de seu lar”, comenta.

Termo de Ajustamento de Conduta assinado em 2011

A Procuradora-geral do Município, Roivana Fornazza, lembra que existia um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado em 2011, porém não foi cumprido. Em 2018, o setor jurídico da Prefeitura conseguiu o aditamento do TAC junto ao Ministério Público, estabelecendo novos prazos para o cumprimento, entre eles estabelecendo o início das obras nos primeiros meses de 2020. “Quando iniciamos os trabalhos, em 2017, analisamos todos os TACs e passamos a traçar metas e estratégias para cumpri-los. Isso ocorreu com as unidades de saúde, com as escolas, com contratações até então irregulares, entre outros. Agora chegamos neste caso das residências que também será resolvido pelo Governo Municipal”, explica.

Uma das beneficiadas é Denise Nataline Pereira Gonçalves Fernandes, que mora com o marido e três filhos, e que teve a casa destruída por um deslizamento durante a chuva da época. “Em nove anos, ficamos de um lado para o outro. Cheguei a morar em uma casa que não comportava toda a família. Agora, finalmente, fico feliz em ver que, mesmo após nove anos, esta situação será resolvida”, fala.

O vice-prefeito, Eduardo Sartor Guollo, enfatiza que as famílias poderão acompanhar o andamento da ação. “Convidamos as famílias para apresentar esta notícia e quando estivermos com o projeto pronto também levaremos para eles. E assim sucessivamente até a entrega das chaves. A nossa intenção é ver estas pessoas felizes, morando em suas casas próprias”, ressalta.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cermoful
Topo