Station Telecom G
Variedades

Dia do Fotógrafo: histórias eternizadas através das lentes

Soller

Hoje em dia é difícil encontrar alguém que não goste de uma fotografia. E entre uma foto aqui, outra ali, muitos acabam se identificando, expressando através das lentes sua percepção do mundo, sendo reconhecido pelo trabalho.

Nos ramos de atuação da fotografia as possibilidades são infinitas. As tendências também invadem o mundo das imagens e seguem ganhando cada vez mais notoriedade. Books de aniversários, gestantes, smash the cake, newborn, pré-wedding, fazem com que os profissionais usem e abusam da criatividade para encantar seus clientes, além claro, dos conhecimentos técnicos. O fotógrafo profissional pode atuar ainda com reportagens jornalísticas, publicidade, fotos de moda, cobertura de eventos entre outras áreas.

Top Textil
Pet Point
Garten Papelaria
Valdeci Lanches
Sicredi
Souza e Souza

Hoje, 8 de janeiro, a data celebra o Dia do Fotógrafo, e o Morro da Fumaça Notícias apresenta a história de três jovens fotógrafos de segmentos diferentes que atuam em Morro da Fumaça e servem como inspiração para aqueles que pretendem seguir a carreira.

“Minha relação com moda e fotografia é de identidade, consistência, informação, embasamento, criatividade e bom gosto, sem precisar cair no clichê do luxo. Trabalho comercialmente com fotografia, vivo da profissão, mais profissionalismo e menos utopia. Mas tanto fotografia quanto moda são formas de comunicação, elas expressam tendências, comportamento, psicologia, momento social e político”, conta a fotógrafa Renata Cechinel.

“Sou fotógrafa de famílias, porque tudo começa em família. Do nascimento ao casamento, tudo depende da família, nossa base pra vida”, é o conceito da fotógrafa Esdra Alves.

O fotógrafo Maykol Nack conta que suas fotografias serão a lembrança de um momento que não volta mais. “Hoje, em 80% dos meus trabalhos, sou um fotógrafo de evento social. Estar no meio das pessoas, contando a história dos momentos felizes de suas vidas, é o que me cativou. Por mais que atue em outras áreas, é gratificante demais ver a realização dos sonhos, e ter nas mãos o poder de contar, da minha forma, aquele acontecimento para as outras pessoas”.

Conhecimentos, técnicas e paixão pela profissão

A fotografia de moda e publicidade são segmentos mais técnicos. “Envolve maior domínio, muitos equipamentos, resultados mais complexos, investimento financeiro maior por parte das empresas e muito mais responsabilidade com o resultado final por parte do contratado(a)”, explica a fotógrafa Renata.

Nos últimos dois anos, com estúdio montado em Morro da Fumaça, Renata teve um crescimento especial. “Estou focada profissionalmente no mercado de moda do sul de Santa Catarina, além de atender clientes de todo o estado, outros estados e outros países. Simplesmente não me imagino atuando em outro mercado”, complementa.

“Eu acredito que não fui eu que escolhi ser fotógrafa, foi a fotografia que me escolheu”, conta Esdra que há oito descobriu a sua profissão.

Os pais de Maykol são fotógrafos há 35 anos, e ele sempre esteve envolvido com a fotografia. “Eu posso afirmar que, muito mais do que eu ter escolhido a fotografia, a fotografia me escolheu, afinal, quando eu cheguei, ela já estava presente no ambiente que eu iria viver. Foi questão de tempo para começar a fotografar”.

“Ser fotógrafo é como ter um super poder, o poder de congelar o tempo. Amo ver os momentos importante da nossa vida eternizada numa fotografia. Aquele beijo depois do sim, o abraço de mãe, o sorriso do pai”, enfatiza Esdra sobre a paixão pelo trabalho.

Maykol também compartilha a ideia do tempo. “Ser fotógrafo é ter o poder de impor o seu modo de ver as coisas para o presente e para o futuro. É ter a consciência que o meu trabalho de hoje, vai ser reconhecido mais adiante no espaço do tempo. Hoje olhamos muito as fotografias pelo lado estético e de beleza, porém, com o passar dos anos, a fotografia passa a ganhar o seu real sentido, que é o de eternizar um sentimento”.

Renata finaliza, “Sinto que nasci para esse universo, contar histórias através da imagem de moda, de produção criativa, do diálogo visual”.

Gabriela Recco

Fotógrafa Renata Cechinel

Fotógrafa Esdra Alves

Fotógrafo Maykol Nack

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Topo