Station Telecom G
Geral

Caçadores de Bons Exemplos inspiram mais de 600 pessoas em encontros no sul do estado

Sicred
GIOVANA PEDROSO / ASSESSORIA SICREDI SUL

Eventos promovidos pelo Sicredi em Tubarão e Criciúma, também mobilizaram lideranças e entidades regionais já catalogadas pelo projeto do casal

“Será que o mundo está acabando?” e “qual o verdadeiro sentido da vida?” foram as duas perguntas que levaram o casal Iara e Eduardo Xavier, os Caçadores de Bons Exemplos, a percorrerem mais de um milhão de quilômetros, registrando mais de 1700 iniciativas de pessoas comuns que transformam realidades. Eles revelaram isso e deixaram outras mensagens inspiradoras para mais de 600 participantes nesta segunda, 09, e terça-feira, 10. A convite do Sicredi, os voluntários palestraram na Arena Multiuso de Tubarão e na Associação Empresarial de Criciúma, respectivamente.

Daiani Salão de Beleza
Layze Guollo
Garten Papelaria
Sicredi
Valdeci Lanches
Pet Point

Os dois eventos também reuniram “bons exemplos” regionais já catalogados no site do casal, como Alan Zabot, tubaronense fundador do grupo “criança que faz a diferença”, o Bairro da Juventude, de Criciúma – que durante o encontro recebeu do Sicredi uma placa em homenagem aos seus 70 anos de fundação – e Almir Fernandes, presidente da Cruz de Vermelha. “Eu tive o privilégio de conhecer a Iara e o Eduardo em 2014, quando registraram o projeto de captação de córneas para o Banco de Olhos. Enquanto houver fome, doenças e frio, precisaremos de pessoas como eles para lutar. Que todos possam ser caçadores de bons exemplos!”, declarou Fernandes na abertura da palestra.

Durante a fala central das duas noites, Iara Xavier destacou que o cooperativismo é uma das possíveis vertentes da solidariedade. “O negócio social é uma maneira incrível de ajudar o próximo. E as cooperativas se enquadram nisso, pois são empreendimentos econômicos que zelam pelo bem-estar da sociedade”, destacou a palestrante que mencionou ainda o Programa A União Faz a Vida, principal ação de responsabilidade social do Sicredi. “Somos voluntários do Programa há vários anos. Nos encantamos com a metodologia dele porque envolve os educandos, educadores, escola e toda a comunidade no processo”, disse ela.

Para Aloísio Westrup, presidente da Sicredi Sul SC, os encontros contribuíram para reforçar o princípio cooperativista “Interesse pela comunidade”. “A comemoração dos vinte de anos de fundação da cooperativa no sul do estado estaria incompleta sem um evento aberto à comunidade, pois somos parte dela. Torço para que a Iara e o Eduardo tenham deixado boas sementes de solidariedade plantadas por aqui”, finaliza Westrup, enaltecendo uma das mensagens centrais deixadas pelos Caçadores: “é preciso ajudar o próximo que está próximo”.

RAC

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Samae
Topo